08 jul 2011

Casamento, churrasco e praia

Oi mundo! Que vê pensa que tem um blog de repercussão mundial né? haha Não não aqui vão notícias para o MEU mundo:

Primeiramente o que importa, eu to bem e muito feliz! Preocupada com muitas coisas, mas mesmo assim feliz. Com o final de semana chegando bate aquela vontade de ver os amigos, cantando, coniversar e rir muito. Final de semana passado eu falei pro Amir “como seria bom se agora a gente podesse ir até a casa dos meus pais, conversar um pouco e comer muito e depois voltar pra nossa casinha”. Nem um nem outro. Sem visitas semanais na casa dos meus pais, nem casa própria por enquanto.

Na primeira semana foi mais organização. Fiz uma super mega ultra faxina no quarto dele. Acho que foi a primeira vez que o quarto foi realmente limpo. Muita coisa sem uso foi jogado fora, pois eu precisava de espaço. Agora o quarto ta bonito, cheiroso e organizado. O Amir tá impressionado com a minha organização. Viu mãe? Nos matriculamos em uma academia, mas eu sinto falta da minha. Eu sou a única garota estranha malhando perna e glúteos, e ainda por cima fazendo milagre com os aparelhos. É incrível como eles tem poucos aparelhos para membros inferiores. Aqui a magreza impera então dale aeróbico pras mulheres. Ainda semana passada fomos levar os papéis do casamento. Chegando lá, entreguei todos os papéis, mas a moça complicou um pouco. Disse que não sabe se eles vão aceitar porque estou aqui como turista, mas ela só recebe os papéis e não decide nada. Então temos que esperar uns 15 dias e, se tudo estiver certo, marcamos uma entrevista e uma data para casar. Imagina a minha preocupação! Mas eu trouxe os papéis, estão todos traduzidos e legalizados no cartório daqui, então só me resta esperar e torcer para o melhor. Agora uma curiosidade: eles colocam o nome dos noivos na frente do local (não sei direito o nome) e se alguém da comunidade tiver algo contra o casamento pode falar. Vê se pode? Coisa de cidade pequena. Aqui eles têm essas leis de mil novecentos e bolinhas e como nunca ninguém derrubou, continua valendo. Se as legislação no Brasil é lenta, digamos que aqui ela anda em passos de tartaruga manca.

Essa semana fomos fazer compras na Alemanha. O Amir já tinha me dito que lá as coisas são muito mais baratas, principalmente comida. Então fomos com o pai dele, pois de carro é muito rápido, já que moramos na fronteira. Não posso dizer que conheci muita coisa lá. Com o pai deles as coisas são muito rápidas, tipo pá pum, mas deu tempo pra comprar umas cerejas na feira e fazer um passeio turístico de 10 minutos nessa pracinha abaixo:

E como aqui é verão e no Brasil tá quase nevando (ouvi dizer que Floripa fez 5º, confere produção?) eu precisei pegar um bronze. Na minha primeira manhã aqui, eu acordo, olho pra janela, o sol raiando “raiôôôoooo o sooool” , calorzinho no quarto e penso que são, tipo, 9h30 e já é de acordar, mas eram 6 horas da madrugada. O luz do dia vem cedo e vai tarde. Ainda não consigo me acostumar que 21h30 ainda é super dia. Então o sol fica bastante tempo esquentando corpinhos magros e brancos, mas oops.. eles continuam brancos, como? Não sei, mas o sol daqui não bronzeia. Fiquei mais de duas horas embaixo dele e nada. E olha ali em baixo minha piscina que chique! Meu cunhado falou que viu duas arminhas de pressão de água pra vender por, sei lá, menos de 10 francos, e como disse ele “eu tive que comprar, não tinha como dizer não”. Aqui na casa eles são meio coletores de bugiganga.

Enfim, por enquanto é isso. Eu espero que todos estejam bem, curtindo um inverno em Floripa, comendo comidas brasileiras deliciosas e morrendo de saudade de mim! haha Se cuidem POR FAVOR! Amo todos!

1: Nós preenchendo os formulários para o casamento. A mãe ficou toda preocupada achando que eu já tinha casado e não tinha avisado ela. Até parece né mãe!

2: Lanchinho básico no meio da tarde. Whey bom e barato é outra coisa né! Maria, não morra de inveja, eu vou levar um bem gostoso pra ti quanto for te visitar!

3: Domingo preguiça como todos os domingos na casa do sogro. O menu foi churrasco gringo. Salsicha (claro), frango, milho DOCE, e vegetais grelhados. Cadê a picanha e a costelinha?

4: Segunda parte da organização. Rever minhas roupas de inverno empacotadas por tanto tempo!

Perceberam que eu instalei o intagram no IPhone do Amir né? Vicio. Pra mim, ter internet 24 horas por dia em qualquer lugar é a vida!


Ou comente por aqui:

2 Respostas para "Casamento, churrasco e praia"

Cadu
08-07-2011 @ (12:55)

Fico feliz em saber q aquele medo todo passou um pouco, aos poucos as coisas se ajeitam e tudo fica tranquilo novamente.
Meta: conhecer o máximo possível da Europa e guardar milhares de histórias, nem que cada um atenha q durar 10 min como a da Alemanha.
Saudade grande, bjocaa.


camila
08-07-2011 @ (13:57)

Que maravilha querida!!!!!!!!!!! FIquei feliz em saber um pouquinho de como andam as coisas… há muita diferença das culturas europeias com o Brasil, em certa maneira acho que eles tao muito atrasados…certas coisas chegam a indignar! Mas vale a pena todo esse intercambio… faz amadurecer! Beijosss e continue escrevendo…
PS: Esse sol bronzeia… essa é a diferença com o Brasil, aqui ‘queima’, tosta, torra… por isso tem que cuidar muito… aí é gradual! Mas como somos BOAS BRASILEIRAS queremos tudo pra ontem… calma amiga, vai pegando sol e vais ver que vai bronzear…tenta ir pra praia, pro litoral…mto longe???



Confira os posts recentes!

Karina Azevedo • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por