17 ago 2011

Feliz aniversário mãe!

As pessoas mais velhas com mais experiência costumam dizer que quando a gente cresce, entende melhor os pais. Eu nunca acreditei nisso, pois sempre achei, no alto da minha arrogância, que nunca cometeria os mesmos erros que minha mãe, ou que jamais entenderia porque ela agiu ou age de tal maneira. O fato é que cresci, e me tornei sim, muito parecida com a minha mãe. Continuo não concordando com ela em muitas coisas, mas entendendo tudo com mais clareza. Hoje sei que muitos erros foram feitos na tentativa do acerto.

Eu não só cresci, não só casei e saí de casa, mas vim pra longe. Bem longe da minha mãe. E quando a gente está longe fica tão mais fácil de aceitar, de compreender e respeitar o outro. E acho que em várias situações eu não respeitei, não entendi e muito menos aceitei algumas coisas da minha mãe. Mas tudo isso é normal. Sei também que meus filhos provavelmente farão o mesmo.

Hoje eu sinto tanta saudade da minha mãe! Como eu queria poder passar um domingo ou uma tarde na companhia dela. (minutos de silêncio) Mas…. chega de drama de novela mexicana ou não vou conseguir terminar o post! Vamos ao que interessa! Hoje é aniversário da minha mamis! EÊEÊ! Eu sei que ela comemorou no sábado com todos os amigos e família, e só Deus sabe a inveja que eu senti do povo que estava lá! Mas hoje é o “seu dia, que dia mais feliz! Parabéns!”

Parabéns à melhor mãe do mundo. E nem adianta você dizer que é a sua, porque eu sei que é a minha! ;P

Obs.: Amanhã tem post pra contar como foi o casamento. Eu tardo mais não falho!

¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯¯

Update: O marido chegou mais cedo hoje do trabalho. Sorry, mas não vou postar sobre o casamento hoje. Tirei a noite para namorar!


Ou comente por aqui:

2 Respostas para "Feliz aniversário mãe!"

Anna
17-08-2011 @ (10:52)

eee! feliz neversario pra ela! 😀


Zé e Peta
17-08-2011 @ (16:51)

E a vida segue normal, óbvia, simples e previsível para quem sabe viver. A história se repete, e nós, pais, aprendemos muito com os nossos filhos, principalmente com os primogênitos. Quando pensamos que estamos ensinando na verdade estamos apenas nos munindo de experiência. É gratificante poder acompanhar todas as etapas da evolução familiar: Ser criança, adolescente, adulto, pai, ter filhos e vê-los criança, adolescente, ADULTO e ainda, quem sabe, poder deseducar os netos. Beijo



Confira os posts recentes!

Karina Azevedo • todos os direitos reservados © 2020 • powered by WordPress • Desenvolvido por