17 out 2012

O bondinho da universidade

Zurique é uma cidade de morros. Há partes planas, como o centro da cidade, mas a redondeza, parte mais cara da cidade, é feita de inclinadas. Uma dessas partes altas é a localização da Universidade de Zurique e do ETH (Polytechnikum, ou “Poly”).

O bondinho, que liga o centro da ligado à universidade, foi criado em 1889, com o nome de Zürichbergbahn, mas pela proximidade à Escola Politécnica, foi sempre chamado de Polybahn (bahn = trem). Hoje, ele transporta quase dois milhões de passageiros por ano.

A linha consiste em dois carros/bondes conectados por um cabo. A medida que um sobre o outro desce, se encontrando sempre no meio do caminho. O tempo de espera é sempre em torno de três minutos. A subida (ou descida) pode ser feita de segunda a sexta, das 6:45 às 19:15, e aos sábados das 7:30 às 14 horas.

O caminho com o Polybahn dura menos de dois minutos. A linha tem apenas um ponto. Abaixo, encontra-se a estação de ônibus e bonde chamada Central, como o nome já diz, é a parte central de Zurique. Ali também fica uma biblioteca, acho que uma das maiores da cidade, e também um ponto Starbucks, ou seja, perfeito para estudantes. Uma estação antes fica a estação principal de trem. Acima (parada do bondinho) encontra-se o terraço da ETH, o Instituto Tecnico Federal, e ao lado a Universidade de Zurique. Devido a isso, a linha é usada, na maioria das vezes, por estudantes.

Outro acesso à Universidade a ao ETH, é a escadaria próximo à estação do Polybahn.

Em Zurique, existe apenas duas estações de bonde como essa. A segunda da acesso ao hotel mais famoso da cidade, o Dolder Hotel, chamada Dolderbahn. Polybahn é a linha mais curta da cidade de Zurique.

O Polybahn tornou-se também uma atração turística, sendo referenciado em guias turísticos e em cartões postais. Não é raro encontrar um grupo de chineses dentro do bonde tirando fotos. Porque vocês acham que meus pais estão aí nas fotos fazendo esse passeio? Turistas!

Inicialmente movido a água, em 1897 o Polybahn começou a ser conduzido com eletricidade. Em 1970, após uma crise da companhia que possuía a concessão da linha, foi criada uma fundação para preservar o Polybah em 1972. Mas em 1976, a união de bancos da Suíça, a UBS, comprou a linha e a renomeou para o nome que carrega até hoje, UBS Polybahn.

Graças a renovação feita em 1996, os estudantes podem usufruir diariamente da ligação entre a estação chamada Central até o terraço da universidade. A tecnologia moderna aliada a um revestimento rústico preserva esse, por que não dizer, monumento histórico da Zurique do século 19.

Por essas e outras coisas é que eu acho a pequena Zurique uma cidade charmosa demais.


Ou comente por aqui:


Confira os posts recentes!

Karina Azevedo • todos os direitos reservados © 2019 • powered by WordPress • Desenvolvido por