• Boy lixo e amor próprio

    Hoje, durante minha visita ao museu virtual de Frida Kahlo eu me peguei pensando em alguns fatos da vida dela, e percebendo similaridades. Uma mulher inteligente, corajosa, idealista e artista, cegamente apaixonada por um homem que nos tempos atuais chamamos de boy lixo. E por mais que ela tivesse muitas aventuras fora do casamento, a paixão por Diego nunca passou. Calma, não é nesse ponto que meu identifiquei. Meu divorcio é muito bem resolvido dentro de mim. Os traumas e marcas não, inclusive estou trabalhando nisso, mas o divórcio em si é super resolvido. Muitas vezes me pego pensando se eu foco no boy lixo por falta de opções, falta…

  • A bendita traição

    Traição é um assunto bem pesado, não é mesmo? Assunto que desperta várias discussões, mas em uma coisa todos concordam: quem é traído sofre, porque traição dói. Antes que alguém se assuste eu não descobri uma traição, mas uma amiga me contou que acabou de descobrir a traição depois de anos de namoro à distância. Eu sei que quando alguém pensa em relacionamento à distância, logo pensa na bendita traição. Mas por que associar distância a traição? Existem muitas coisas que podem influenciar pra você levar um belo chifre, mas o principal é a falta de respeito. Os quilômetros que separam você do seu parceiro não têm nada a ver…

  • Querida amiga,

    [À]s vezes sinto pena de você. Sempre buscando maneiras de se adequar ao seu homem. Comprando revistas femininas na tentativa de achar dicas de comportamento. “Prato perfeito para um jantar a dois”. Lá vai você se desdobrar em 5 para dar conta do trabalho, da academia, dos filhos, e do tal jantar que não pode falhar. No editorial moda o título é “Invista em roupas sensuais para conquistar seu gato”. E você, querida, pesando 20kg a mais e 100 kg de culpa tira do guarda-roupa aquele tubinho vermelho de quando você tinha 20 anos. Saúde: “Exercícios que aumentam a libido. Seu namorado vai adorar”. Ai ai, mais uma vez você…

  • Amor, amor

    ofrer por amor é inevitável. A dor de quando um relacionamento acaba, ou quando perece que vai acabar nos faz sentir o mundo virar de cabeça pra baixo (tudo bem, ele vira literalmente a todo instante). Porque, convenhamos, se tudo acabou sem dor, então não era amor. Eu não sei exatamente o que é, mas vamos nomear de amor o sentimento entre namorados. No início do namoro o amor é gostoso, mas mesmo assim dói um pouco, dói pela insegurança. No meio tempo do namoro também dói, porque sempre tem uma briga e te faz ficar agoniada por uma semana ou duas horas, o que dói igual. E no fim…